Temos a nossa 1st round pick: Derek Barnett, Defensive End, Tennessee.

E vos digo, me agrada muito! E vou lhes dar minhas razões.

Quando o Eagles entrou no relógio eu contava que a nossa escolha seria Jonathan Allen, que seria minha primeira escolha (não sabia da gravidade da lesão nos ombros). Porém o Front Office acertou novamente e anunciou o produto de Tennessee como 14ª escolha geral do Draft de 2017.

Vou encher vocês de argumentos para defender nossa escolha.

Gráfico comparando Garrett, Barnett e a média dessa classe de DE

Números Astronômicos

Barnett teve uma temporada incrível em 2016. Se formos compará-lo a Myles Garrett, primeira escolha geral do Draft, vemos que nosso novo DE teve números superiores em Tackles, Tackles For Loss, QB Hurries e Sacks. Isso tudo jogando na mesma divisão, a disputadíssima SEC.

Barnett superou o 1st overall em quase todas as estatísticas na sua carreira

Como muitos já devem saber, ele ainda quebrou o recorde de sacks de Reggie White pelos Volunteers. Para terem uma ideia do impacto dele na linha de Tennessee, o time ficou empatado em 45º lugar no quesito sacks, com 30 sacks em 13 jogos. Desse total, Barnett contribuiu com 13, quase a metade da produção do time. Barnett tem mais sacks em 2016 do que 5 times da NCAA.

Garrett e Barnett jogaram contra Alabama em 2016, nosso DE DEITOU no Tackle dos Crimson Tides.

Saudável

Derek não tem histórico de lesões graves em sua carreira no College, um dos fatores que pesaram para ser a nossa 1st pick. Segundo reports o fator médico acabou tirando alguns atletas do board do Eagles. Para mim uma escolha muito sábia.

Ética e Foco

Muitos podem ter achado estranho o semblante sério quando Derek foi anunciado como nossa pick, mas imaginem a sensação de metade da cidade estar vaiando a escolha que te colocou naquele palco. Ele tem 20 anos, eu também não estaria “virando em dentes”. Mas, analisando seu caráter, é como ele se comporta. Focado e com uma ética de trabalho e grupo impressionante. Escreveu uma carta na tribuna dos jogadores que me deixou arrepiado. Me deu ainda mais certeza que fizemos a escolha certa. Na carta ele cita que ele valoriza os títulos individuais que conquistou, mas que eles nunca foram o objetivo, foram um resultado agregado, que veio como fruto de outros objetivos maiores que envolviam todo o grupo. Um exemplo de caráter! Muita gente sabe que eu fui contra a escolha de Foster justamente por esse fator (caráter) então, esta parte é fundamental para mim.

Se você não manja inglês não tem problema: Carta Traduzida

Teto Alto

Barnett tem potencial para ser um futuro All-Pro, e nosso Front Office enxergou isso. Segundo reports, Howie e Joe tinham Barnett no topo de sua big board quando o Eagles foi para o relógio. Nascido em Nashville, Tennessee, escolheu estudar durante o High School (Brentwood Academy) e o College perto de sua terra natal, recruta de 4 estrelas, recusou convites de 10 Universidades para seus programas de football (sendo 5 da SEC), incluindo Ohio State, Florida State, LSU e Texas A&M.

Fit de Sistema

Preferencialmente DE para 4-3, que é justamente o sistema que usamos, cai como uma luva para jogar no lado oposto de Brandon Graham. Além da ameaça óbvia aos QBs (78 pressões em 2016), colabora muito com o jogo terrestre (19 Tackles for Loss em 2016).

Impacto: 

Na minha opinião, Barnett tem o que é preciso para uma escolha de 1st round. Caráter, Saúde e principalmente Fator X, Derek vai chegar para ser titular da nossa DL e não só isso, para ser um playmaker.

Barnett mostrou agilidade no combine.

PS*: Uma bottom line antes de continuar. Muitos estão preocupados com o atleticismo do nosso novo reforço, alegam que ele é gordo. Pode até parecer gordo, mas isso não atrapalhou nada Barnett de meter um 6.96 no ‘Drill dos 3 Cones’ durante o Combine, 5ª melhor marca para jogadores de linha defensiva, superando o super-atlético Haason Reddick.

PS 2: Segundo reports, Barnett também teve uma forte gripe no Combine, mas escolheu fazer os drills assim mesmo.

Preocupações:

Minhas preocupações com a nossa 1st round não tem nada a ver com o jogador, são coisas que estão fora do alcance dele, são elas:

Vinny Curry

Dar nossa 1st em um DE logo após dar um contrato astronômico para Curry é uma coisa no mínimo estranha. Pois provavelmente os titulares serão Graham e Barnett, então estamos pagando alto por um jogador de rotação. Curry tem um cap hit de 11M essa temporada, maior até que o do nosso melhor DE, Brandon Graham, que é de 7.5M.

Ataque:

No GreenCast #003 deixei claro que sou adepto da filosofia “Complete the Offense“, e acho que deveríamos dar ao Wentz armas para o menino jogar os playoffs, mas com a nossa maior need sendo CBs, apesar de ser uma classe muito profunda de Defensive Backs, é difícil imaginar que possamos escolher um CB starter na pick #119.

Estas informações são para deixar claro que o jogador que escolhemos com a 14ª escolha geral é uma ótima aquisição para nosso time.

Finalizando o assunto Barnett: NÃO HAVIA UM JOGADOR MELHOR PARA A #14.

E deixo essa pergunta para os times da NFC East: Barnett, Graham, Jernigan, Cox. Em quem vão dobrar? (by Mirandinha)

 

Mid/Late Rounds

Como coloquei a pouco, a escolha de um jogador de linha defensiva no primeiro dia me deixou apreensivo sobre como vamos endereçar as próximas escolhas. Existem dois cenários possíveis na minha opinião para as próximas 4 picks:

  • CB, OFF, CB, OFF
  • OFF, CB, OFF, CB

*OFF = WR ou RB

O que eu vejo? O Eagles ainda tem Kendricks como uma moeda de troca, que pode usar para se posicionar melhor, ou conseguir uma escolha nesse Draft. Instantes antes do Draft começar, saiu um report do Adam Caplan sugerindo que os jogadores que os Eagles estavam mais empolgados eram: Barnett, Cook, McCaffrey, Williams e Davis. Um deles ainda está no board, então existe a chance do Eagles subir no segundo round para escolher o Cook, possibilidade que eu não descarto.

O meu cenário preferido é escolher um Corner sem trade na 2nd, tentar melhorar nossa posição na 3rd com Kendricks e ir de Offense nas duas próximas duas.

Cordrea Tankersley, Taywan Taylor, Kareem Hunt?

Isso me agradaria bastante. Pois no final da quarta ainda pode ter Rasul Douglas no board, escolha fácil na #139.

Também não da pra descartar Raekwon McMillan como segunda escolha. Mas isso me deixaria ainda mais preocupado com a situação da nossa secundária e a filosofia do “Complete the Offense“.McMillan completaria nosso Front 7 jogando de Mike e deslocando Hicks para Will (Jim já manifestou que quer ele no Outside). É um cara muito explosivo, joga sempre com muita energia e seria mais um líder na nossa defesa. Por mais que explodiria a configuração das nossas próximas escolhas, me agradaria. McMillan na #43 pode ser um reach, se Howie não achar trade up, pode talvez achar um trade down, melhorando nossa posição na 3rd e escolhendo McMillan late na 2nd.

Se tiverem alguma pergunta sobre o Barnett ou quiserem comparar ele com outro prospecto, perguntem no twitter @wllcstr. Fiquem ligados nas análises das próximas escolhas e vamos Rumo ao segundo dia!

 

#FlyEaglesFly