No sexto artigo sobre os Super Bowls, desta vez resumiremos o confronto entre o Dallas Cowboys e Miami Dolphins, que ocorreu no dia 16 de janeiro de 1972, no Tulane Stadium, em Nova Orleans.

O jogo, que contou com mais de 80 mil espectadores colocou dois grandes times, é até hoje a final com a temperatura mais baixa da história, com os termômetros marcando apenas 4 graus no momento do kickoff.

Os Cowboys, donos do melhor desempenho da NFC, conseguiram uma campanha regular 11-3, melhorada com as vitórias nas decisões de divisão e conferência contra Minnesota Vikings e San Francisco 49ers, respectivamente.  Já os Dolphins obtiveram rendimento parecido, com dez vitórias, três derrotas e um empate, qualificando a equipe para avançar aos playoffs. No confronto de divisão da AFC, Miami e Kansas City protagonizaram o jogo mais longo da história, com 82 minutos e 40 segundos, vencido pelo time da Flórida depois de 22 minutos e 40 de prorrogação. Já no duelo de conferência, não houve dificuldade e Miami passou fácil por Baltimore, com uma vitória por 21 a 0.

O running back Duane Thomas, essencial para a vitória

A decisão foi sem emoções no começo, de modo que as duas primeiras posses de bola não mudaram o placar. Na segunda vez que Miami estava no ataque, o fullback Larry Csonka cometeu fumble que, após avanço dos Cowboys, resultou no field goal convertido por Mike Clark.

O segundo quarto serviu para o time liderado por Roger Staubach ampliar a liderança, com o touchdown do wide receiver Lance Alworth e ponto extra convertido. Os Dolphins marcaram os únicos três pontos na partida com o field goal de Garo Yepremian.

O quarterback Roger Staubach se prepara para um passe

A volta do intervalo demonstrou o domínio da equipe do Texas, que anulou as oportunidades do ataque adversário. No terceiro quarto, em um drive com muitos passes, o running back Duane Thomas chegou na endzone de Miami com a corrida de três jardas que fez a equipe aumentar a vantagem, após chute extra.

O último quarto não teve novidades, a não ser pela consolidação da vitória dos Cowboys, com o TD em lançamento de sete jardas de Staubach para o tight end Mike Ditka, fechando o placar em 24 a 3.

O head coach Tom Landry nos braços dos jogadores após a vitória