O Defensive End atualmente sem clube foi preso novamente. O jogador com passagens pelo Carolina Panthers e mais recentemente Dallas Cowboys foi pego com substâncias controladas no domingo a noite. De acordo com a polícia texana, a substância apreendida foi categorizada como parte do grupo da cocaína, heroína e metanfetamina, entre outras.

Pelo crime, Hardy foi levado sob custódia com a fiança fixada em US$ 5 mil.

Esse não é o primeiro problema judicial de Hardy: ele também foi acusado e julgado por abusar física e psicologicamente (leia-se BATIA E A AMEAÇAVA COM ARMAS DE FOGO CARREGADAS) da sua então namorada, que apresentou a queixa. Ele chegou a ser julgado e  culpado do caso e foi sentenciado a 18 meses de prisão, mas na audiência de apelação, a ex-namorada do jogador convenientemente não apareceu para depor. Como consequência, as acusações foram retiradas, já que a promotoria não conseguia localizar a vítima e haviam informações confiáveis de que ambas as partes tinham chegado a um acordo civil para que não houvesse mais um processo.

Mesmo após voltar a jogar, continuou com seu mau gosto em declarações à mídia, como por exemplo o uso da expressão “all guns blazing” para mencionar que entraria em campo “atirando para todo lado”, numa clara escolha péssima de palavras para falar de sua dedicação. Ele também elogiou a beleza de Gisele Bündchen num tom completamente descabido quando perguntado sobre a performance do QB do New England Patriots, Tom Brady.

Fonte: ESPN