Fala galera, depois do primeiro final de semana de NFL, o script segue o mesmo jogadores que não foram bem observados na preseason arrebentando, playbooks confusos, decepções com grandes nomes e as temidas lesões.

Não é hora de se desesperar e sair dropando jogador com apenas uma semana de jogo, a temporada é longa! No entanto, se vocês precisam de alguém seguem alguns nomes interessantes, vamos nessa!

TJ Yeldon, Jaguars (RB)

Eu gostaria de ver Corey Grant ter sua chance se Leonard Fournette ficasse fora por muito tempo, mas é evidente que Yeldon é o verdadeiro backup, já que ele assumiu depois que Fournette saiu do jogo e produziu números decentes. A linha ofensiva de Jacksonville foi construída para o jogo corrido e Yeldon deve ver muito trabalho. Fournette pode não estar fora por muito tempo, mas os problemas de estiramento na coxa não são resolvidos rapidamente, e duvido que os Jaguars apressem melhor jogador do seu ataque.

Phillip Lindsay, Broncos (RB)

Lindsay continuou a provar, só que dessa vez em um jogo oficial, que ele não parece bem apenas nos treinos e sim que é uma força no campo da NFL. Ele vai dividir o trabalho com Royce Freeman e, dependendo do fluxo do jogo, poderá liderar o comitê. Lindsay é mais valioso nas ligas PPR e para times mais necessitados de RB, tem lugar sim no banco.

Austin Ekeler, Chargers (RB) 

Ekeler fez um excelente jogo como o RB secundário para os Chargers no último domingo, assim como ele fez antes de sua lesão na mão na última temporada. Em seus cinco jogos com cinco ou mais tentativas, ele teve uma média de 10,6 toques para 83,4 jardas e um touchdown. Ele não precisa de muitos snaps para ser relevante no Fantasy.

Quincy Enunwa, Jets (WR)

Enunwa sempre teve o talento para ser um grande receptor, mas as lesões o atrapalharam esse “breakout”. Agora, ele está saudável e tem o que parece ser um quarterback sólido com Sam Darnold lançando a bola para ele.

Brandon Marshall, Seahawks (WR)

Tenho certeza de que Marshall está feliz com Russell Wilson lançando para ele em comparação com Eli Manning. Foi possível ver isso no bom jogo feito por Marshall contra os Broncos na semana 1. Ele provavelmente permaneceria esta semana esquecido nos Waivers, porém, a nova lesão no joelho de Doug Baldwin torna Marshall o alvo principal de Wilson. Essa química pode se desenvolver  bastante durante a ausência de Baldwin, e se perpetuar por toda a temporada, tornando-o o segundo WR do ataque.

Jonnu Smith, Titans  (TE)

Smith é altamente atlético, com grandes habilidades de recepção. Sua hora é agora, ele é a pick óbvia para qualquer um que tenha perdido Delanie Walker. Embora o caminho pareça ser meio acidentado no começo, vai melhorar muito quando Mariota voltar a jogar de forma saudável. Walker teve 111 bolas arremessadas em sua direção temporada passada, anotando 74 recepções e 807 jardas com 34 anos. O potencial de um TE jovem, atlético e com mãos melhores é promissor.

Tyrod Taylor, Browns (QB)

Taylor teve muitos erros na semana 1, mas estava chovendo durante todo o jogo, sem falar no vento forte. Correu para 77 jardas e passou mais 197, com um touchdown, e terminou a rodada como o sexto melhor quarterback da liga. Considerando que Josh Gordon está de volta, Jarvis Landry é uma máquina de recepções e o problemático calouro Antonio Callaway vai se manter longe de encrenca, Taylor pode ter alguns jogos espetaculares nesta temporada.

DEIXE UMA RESPOSTA