Entramos finalmente na contagem regressiva oficial do Steelers. Serão 99 longos dias até o domingo, 10 de Setembro de 2017, quando poderemos finalmente apreciar o retorno do Steelers aos gramados em jogos oficiais.

Daqui até a nossa estreia na temporada regular, contra o Cleveland Browns, vamos conhecer alguns de nossos ídolos do passado e presente, começando por Brett Keisel, também conhecido como “Da Beard”, pelo seu visual estilo “Rufus, o lenhador”.

Nascido no dia 19 de setembro de 1978 em Provo, Utah, Keisel jogou pela Universidade Brigham Young, time chamado de BYU Cougars football, antes de ser draftado pelo Pittsburgh Steelers na sétima rodada do Draft de 2002, na escolha 242 geral. O DE jogou todas as suas 13 temporadas (2002 a 2014) com o uniforme preto e amarelo. Após ficar suas quatro primeiras temporadas como reserva, sendo que em 2003 o jogador ficou de fora devido a uma a lesão, Brett Keisel finalmente conseguiu sua titularidade, iniciando a temporada 2006 entre os 11 defensores da excelente defesa do Steelers. Desde então, o jogador só não foi titular em oito ocasiões, todas em 2014.

Em 2005, junto com um jovem QB chamado Ben Roethlisberger, e uma defesa dominante, o jogador participou, ainda do banco, da quinta conquista de Super Bowl do Steelers. Seria sua primeira final.

Em 2008, já titular na assustadora defesa, vendo seu companheiro James Harrison ganhar o prêmio de Defensor do Ano, o jogador conquistou seu segundo anel, e o time, se tornara o maior vencedor da era Super Bowl, com seis títulos.

Em 2010, o jogador foi selecionado para seu único Pro-Browl, foi também nesse ano que ele teve um dos lances mais marcantes de sua carreira, retornando uma interceptação para TD de 79 jardas, contra o Tampa Bay Buccaneers (lance que você pode ver clicando aqui). Também foi nessa temporada que a fama de “Da Beard” se estabeleceu. O jogador começou a deixar sua barba crescer enquanto caçava com seu pai no verão. A fama foi tanta, que a barba ganhou página no Facebook e Twitter. Para completar a temporada, o jogador também foi titular em toda a campanha que levou o time a disputar o terceiro Super Bowl em menos de 10 anos. Porém viu o Green Bay Packers de Aaron Rodgers (MVP da temporada) e cia levantarem o Lombardi Trophy, após um emocionante jogo disputado até o fim.

Continuando sua titularidade, o jogador viu a idade chegando e o corpo sentindo os efeitos de uma posição que exige muito contato. Após a temporada 2007, apenas em 2012 o jogador conseguiu entrar em campo nos 16 jogos da temporada regular. Mesmo assim, ele continuava sendo uma referência para os jogadores mais novos e continuava sendo motivo de orgulho para a torcida.

Após o time ficar de fora dos Playoffs nas temporadas 2012 e 2013, Brett Keisel jogou 12 jogos da temporada 2014, quando se machucou num jogo contra o Cleveland Browns. Foi ali que a torcida viu seu último ato como jogador do Steelers e da NFL. Fora da temporada, o jogador viu o time voltar a jogar na pós-temporada, ganhando a divisão, fato que não acontecia desde 2010.

Em junho de 2015, o jogador anunciou oficialmente sua aposentadoria.

Em 13 temporadas com o Pittsburgh Steelers, Brett Keisel soma 408 tackles, 30 sacks, 7 fumbles forçados e 2 interceptações.

(esq) Keisel, Troy Polamalu e família no PNC Park. (Dir) Consol Energy Center acompanhando o Penguins.

O agora ex-jogador é frequentemente visto junto com a torcida no PNC Park, estádio do Pittsburgh Pirates, da MLB e no Consol Energy Center, ginásio do Pittsburgh Penguins, da NHL.

Quem já vestiu a #99 além de Brett Keisel?
  • Keion Adams (17)
  • Caushaud Lyons (16)
  • Levon Kirkland (92-00)
  • Jenkins (89-90)
  • Avon Riley (87)
  • Darryl Sims (85-86).