O Ultimate Fighting Championship foi adquirido recentemente pela empresa William Morris Endeavor, numa tentativa clara de aumentar seus investidores e consequentemente a presença e força de sua marca no mundo dos esportes.

E para investir no UFC, chegaram nada mais nada menos que 23 pessoas. Pessoas não, peço perdão pelo vacilo; 23 ESTRELAS, ASTROS, CELEBRIDADES. Essa lista inclui pessoas do mundo esportivo, como Venus Williams e Maria Sharapova, apresentadores de TV, como Jimmy Kimmel e Conan O’Brien e diversas outras áreas. A lista vai, basicamente, de Sylvester Stallone a Guy Fieri, passando por Ben Affleck, Flea e Calvin Harris.

“Nossa, o Fumblinho virou um site de esportes em geral?” Não! “Então o que essa notícia tem a ver com a NFL?’

No meio desses investidores todos, 3 deles saltam aos nossos olhos: Tom Brady, Cam Newton e Robert Kraft.

Os dois primeiros, obviamente, quarterbacks de New England Patriots e Carolina Panthers, respectivamente. E Robert Kraft é dono de um outro grupo de empresas enorme chamado Kraft Group. Grupo esse que também é proprietário do New England Revolution, time da MLS, e do New England Patriots. Sim, Kraft é o chefe do marido da Gisele.

Ou seja: O UFC não está para brincadeira. A marca já é enorme, mas busca chegar ao patamar da NFL, NBA ou Premier League, por exemplo. Recrutar as superestrelas de Hollywood, da NFL e um ou dois magnatas americanos talvez seja o caminho mais curto para chegar no panteão das marcas esportivas.