Como todos nós sabemos, o mundo todo, inclusive o mundo da NBA, parou por pelo menos 30 dias. Portanto a fome não acaba, as contas não param e existem funcionários que ganham a vida trabalhando nos ginásios e recebem por jogo, ou seja, sem jogo é igual a sem dinheiro para elas. Entretanto, algumas estrelas tiveram empatia e vão ajudar a pagar o salário dessas pessoas enquanto a liga não volta.

O pioneiro da causa

Resultado de imagem para cleveland cavaliers kevin love(Foto: Maddie Meyer/ AFP)

O primeiro a realizar essa iniciativa tão nobre foi o jogador do Cleveland Cavaliers, Kevin Love. Ele desembolsou US$ 100 mil do próprio bolso para pagar os funcionários que trabalham na Quicken Loans Arena, casa dos Cavs. Além de tudo, ele ainda incentivou seus companheiros de profissão a realizar tal ato: “Minha esperança é que outros farão o mesmo”, disse o jogador.

A juventude inspira

Resultado de imagem para zion williamson(foto: Getty Images)

O tão badalado, 1º escolha do draft de 2019, Zion Williamson foi outro jogador à ajudar os funcionários de sua franquia. Ele desembolsou a mesma quantia que Kevin Love, US$ 100 mil. Todavia, a gente dá um destaque maior pra ele, porque ele acabou de chegar a NBA, ou seja, não tem o poderio financeiro de outras estrelas na NBA, mesmo assim ele decidiu ajudar mostrando que também é diferenciado fora das quatro linhas.

Estrelas que seguiram o mesmo caminho 

Resultado de imagem para griffin gobert giannis(foto: NBC Sports)

Outras estrelas também decidiram realizar o mesmo ato que Love e Zion. Foram eles, Giannis Antetokounmpo, estrela do Milwaukee Bucks e o atual MVP, Blake Griffin, estrela do Detroit Pistons e o primeiro jogador infectado pelo vírus COVID-19 e estrela do Utah Jazz, Rudy Gobert, desembolsam a mesma quantia de US$ 100 mil. Além de tudo o atual dono dos Dallas Mavericks, Mark Cuban, também prometeu realizar o mesmo ato de pagar os funcionários nesses 30 dias.

Assim vimos que ainda existem pessoas boas que pensam no próximo neste mundo, melhor ainda se foram milionárias e estrelas da NBA para inspirar ainda mais pessoas a fazer atos de compaixão.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA