Nesta semana, vou fazer algo diferente, mas que não é tão diferente assim. Muitos sites, estão divulgando os melhores jogadores até o meio da temporada da NFL, então decidi entrar nesta onda também. Mas fui buscar uma outra influência.

Nesta semana saiu no Pro Football Focus uma espécie de Dream Team do College Football, baseado no desempenho dos melhores jogadores da atual temporada. Após algumas discordâncias com o site americano, resolvi fazer a minha lista, que talvez seja mais incoerente que a deles…. Mas vamos dar aquela sonhada básica, e montar a equipe que, com certeza, será treinada pelo mago Nick Saban.

cover

Time de ataque

Quarterback – Jake Browning, Washington
Muitos colocam Lamar Jackson aqui. Mas para mim, Browning tem de tudo para ser um grande Franchise QB no futuro. Ele possui calma no pocket, boa leitura e sempre toma decisões certas. De seus braços tem saído algumas vitórias da imbatível Washington. Já são 2273 jardas, 31 TD´S e apenas 3 interceptações, além de ter um aproveitamento em passes de 67,7%. Creio que na próxima temporada, como junior, a progressão de desenvolvimento atingirá seu pico.

Running Back – Donnel Pumphrey, San Diego State
O líder em jardas corridas do campeonato com mais de 1500 jardas, desbancou todos os outros fortes concorrentes. Ele é o maior responsável pelo funcionamento do ataque de San Diego State, e pela bela campanha rumo ao título da MWC.

Wide Receiver 1 – Dede Westbrook, Oklahoma
Este jogador teve um aumento impressionante de performance. O principal alvo de Mayfield este ano, Westbrook tem conseguido boas jardas depois da recepção, além de ter sido um dos alvos mais regulares do campeonato. Ele está em sua segunda temporada e se manter o nível, pode ser um dos principais alvos para a NFL em um futuro próximo.

Wide Receiver 2 – Trent Taylor, Lousiana Tech
É um ótimo slot receiver, porém, tem se virado com um QB que certas vezes é duvidoso. Suas 98 recepções para mais de 1300 jardas o colocam como um dos jogadores mais dominantes de sua conferência e o líder de jardas recebidas do campeonato.

Slot Receiver – Jonathan Giles, Texas Tech
Tem recebido passes de um dos QBs mais interessantes do campeonato. Quase 96% de suas rotas feitas, são em slot. Começou está temporada na sombra da dupla Batson e Countee, mas aos poucos atingiu a confiança do QB Patrick Mahomes.

Tight End – Evan Engram, Ole Miss
É o melhor Tight End do campeonato sem qualquer discussão. Já foram 775 jardas recebidas este ano. Tem se constituído como o alvo predileto de Chad Kelly. Engram é um recebedor nato, porém precisa desenvolver o entendimento de bloqueio, e seu funcionamento em zona para a abertura de espaços nas corridas.

Tackle – Connor Williams, Texas
Outro jogador que tem crescido e me surpreendido. Ele é um dos cinco melhores bloqueadores do país para corridas. Tem entendido bem as mudanças de esquema que o setor ofensivo sofreu.

Tackle – Ryan Ramczyk, Wisconsin
Jogador completo, tanto para proteger quanto para movimentações para abertura de espaços. Ele cedeu apenas cinco pressões em 189 passes até a primeira quinzena de Outubro.

Guard – Quenton Nelson, Notre Dame
Apontado como o melhor guard do país. Tem sido uma das boas referências do ataque tenebroso que Notre Dame tem colocado em campo. Tem feito um bom trabalho nas corridas, onde é apontado como o sexto melhor do país. Durante o final da temporada passada para cá, teve um uma melhora consideravél na proteção de passe.

Guard – Dan Feeney, Indiana
Em minhas anotações no começo da temporada, já tinha anotado como um dos melhores do país. Ele é o quarto da nação tanto para o bloqueio de corridas, quanto para passes. Um dado fantástico desse jogador, é que ele cedeu apenas 15 pressões em 1076 passes, nos últimos três anos.

Center – Frank Ragnow, Arkansas
Não consigo lê críticas sobre este jogador. Seus elogios são quase unânimes. Ele é o grande responsável pelo êxito das corridas de William III e Whaley.

cover3

Time de defesa

Free Safety – Jamal Adams, LSU
Vem suprindo a falta de Mills nas jogadas de profundidade de LSU. Também possui flexibilidade para rotacionar posicionamento entre os DB´s. Ele também possui tributos para parar os Tight Ends e cobrir as jardas terrestres. Tem mantido regularidade, mesmo com o turbilhão de coisas que afetaram a equipe da Lousiana no começo da temporada.

Strong Safety – Nathan Gerry, Nebraska
Teve um bom 2014 e 2015, mas tem feito uma temporada 2016 fantástica. São 12 intercepções nos últimos 3 anos. Tem feito uma dupla consistente com Aaron Williams em Nebraska. Possui também um bom desenvolvimento na cobertura. Seu único problema e nos fundamentos de tackles, que as vezes comete erros bobôs.

Cornerback – Desmond King, Iowa
O melhor CB universitário do país. Este jogador é completo. Consegue cobrir, joga no mano a mano e ainda colabora bem contra corridas. Suas participações na defesa de Iowa são consistentes a pelo menos três anos. Tenho certeza que será um dos cinco primeiros no Draft 2017.

Cornerback – Aarion Penton, Missouri
Gosto muito deste jogador. Fiquei na dúvida entre ele e Lewis de Michigan. Possui muita facilidade no sistema de coberturas, além de uma agressividade interessante. Também tem feito ótimas partidas contra o jogo corrida, é o quarto contra corridas. Também tem uma técnica interessante dando tackles. É a estrela de Missouri ao lado de Charles Harris.

Jabrill Peppers, Michigan
Ele não precisa de posição fixa para ser escalado. Pode jogar como pass rusher, middle linebacker, safety, cornerbacker e até nickel. Ele é o melhor jogador defensivo do campeonato, e está entre os três melhores da temporada. Seus níveis de atuação são surpreendentes, assim como toda a defesa de Michigan.

Inside Linebacker – Zach Cunningham, Vanderbilt
O jogador que faz os running backs não quererem correr. Um dos melhores jogadores da FBS contra o jogo de corridas. Sua agressividade e liderança, são a maior virtude de Vanderbilt. Extremamente atlético e inteligente para prever as movimentações do ataque adversário.

Outside Linebacker – Jarrad Davis, Florida
Davis tem se mostrado eficiente jogo após jogo. Seu desempenho me faz parar para observá-lo todos os jogos dos Gators. Pode ser utilizado no miolo para colaborar contra as corridas, mas também exerce pressões interessantes contra a linha ofensiva. Outro jogador que precisa colocar mais firmeza em seus tackles.

Outside Linebacker – Calvin Munson, San Diego State
Assim como Pumphrey, é outro grande nome de San Diego State. Ele é muito dominante frente as linhas ofensivas adversárias de sua conferência. É um dos 10 maiores jogadores do campeonato contra corridas e suas coberturas são extremente efetivas. Fez um execelente e agressivo 2015, com 10,5 sacks. Este ano tem repetido suas excelentes atuações.

Defensive End – Myles Garrett, Texas A&M
Se tratando de talento, é o melhor prospecto da classe. Tem feito um bom ano, superior a seus concorrentes. Embora, ache que já esteve em dias melhores. É um pass rusher moderno, que alia atleticismo, paciência e agressividade. Precisa apenas corrigir alguns posicionamentos e escolhas que tem feito contra as jogadas terrestres.

Defensive End – Derek Barnett, Tennessee
É segundo melhor prospecto geral para 2017. Ele pode superar seus 20.5 sacks da primeira temporada, até agora já foram 14.5. Corrigiu sua performance frente aos corredores. Eu esperava muito de Tennessee este ano, mas me decepcionei. Porém, Barnett não me decepciona. O Melhor Pass Rusher do ano, é o ponto alto e mais regular dos Volunteers.

Defensive Tackle – Jonathan Allen, Alabama
Saban, o recrutou como linebacker. Mas seu tamanho aliado a força e atleticismo, o transformaram em um grande defensive tackle, e no terceiro melhor DL da classe de 2017. É um jogador completo, e tem feito uma carreira universitária vitoriosa. Tem sido moldado por Saban que já desenvolver jogadores com Dareus (Bills) e Robinson (Titans).