O Philadelphia Eagles usou a sua escolha de quarta rodada no Draft de 2017 para selecionar o running back da universidade de San Diego State, Donnel Pumphrey. O novo jogador deu ânimo a torcida e sua chegada fez muitos adeptos se perguntarem sobre o potencial do jogador, que caso alcançado, poderia ser uma resposta a longo prazo para a equipe.

Pumphrey, porém, surpreendeu a todos, graças a sua rápida evolução e excelentes participações tanto nos OTAs quanto no Training Camp. A surpresa foi agradável, principalmente para a comissão técnica, que aproveitou para explorar e treinar o jogador o quanto antes, para aproveitar o máximo de seu talento.

Em sua jornada até a NFL, Donnel Pumphrey sempre chamou a atenção devido a sua contribuição. Durante a carreira colegial, venceu uma vez o prêmio de jogador do ano, devido a uma temporada de 1.491 jardas terrestres em 160 tentativas, com 19 touchdowns. Apesar de ter tido uma carreira escolar memorável, o running back foi eleito apenas um prospecto de três estrelas. Acabou então indo para a universidade de San Diego, onde suas atuações começaram a chamar atenção.

Na NCAA, Pumphrey mostrou a razão pela qual pode ser muito bem utilizado em qualquer esquema da NFL. Donnel chamou a atenção de todos por conta de sua versatilidade. O jogador é um ótimo corredor, é rápido e consegue evitar tackles, além de poder contribuir também no jogo aéreo. Graças a sua habilidade de participar tanto do jogo corrido quanto do aéreo, Pumphrey pode criar problemas na marcação e bagunçar qualquer defesa adversária.

E é justamente essa versatilidade que o fez ganhar espaço no roster dos Eagles. Pumphrey quase não atua como running back nos treinos, atua mais no slot, como recebedor. A habilidade de Donnel de atuar como um receiver faz seu jogo mortal, e a comissão técnica dos Eagles sabe bem disso. O jogador deve garantir uma vaga no elenco final, devido às suas excelentes atuações nos treinos, rápida evolução e versatilidade.

Jogadores como Donnel Pumphrey são muito valiosos, devido a sua capacidade de criar novas possibilidades na jogada. O jogador deve causar um impacto visível na equipe, e sua importância deve aumentar, junto com as oportunidades. O running back deve entrar no time para atuar no slot, mas com certeza irá receber oportunidades de correr, para dar um descanso aos titulares e tornar o jogo da equipe imprevisível.

Comparações com Darren Sproles começaram a surgir, e merecidamente, afinal, Pumphrey possui o potencial para se tornar um jogador tão efetivo quanto o companheiro de equipe. Sproles é um running back versátil, capaz de atuar como recebedor e cria muitas opções para o seu ataque, e com sorte, o Eagles já encontrou seu substituto no jovem Pumphrey, que com o treino certo poderá se tornar uma peça importante e uma verdadeira arma secreta para o time.

RB Donnel Pumphrey durante o training camp do Philadelphia Eagles.

 

  • Guilherme Paglia

    Será que a pouca utilização dele pra corrida vai continuar até quando? P sempre(!) ou até ganhar uns quilos?!

    • GreenCast Brasil

      Até o Sproles aposentar? Veremos.