Nessa ultima semana, tivemos duas notícias importantes vindas de Baltimore Ravens. Uma delas já era um movimento esperado desde antes do fim da última temporada. A outra, entretanto, agora abre caminho para novas deduções e especulações.

Tony Jefferson é dispensado

Como todos já imaginavam, o Baltimore Ravens dispensou o Safety Tony Jefferson. O jogador foi recrutado pelo time como um dos reforços vindos da free agency de 2017, junto com o Running Back Danny Woodhead, do então San Diego Chargers, e o Cornerback Brandon Carr, à época no Dallas Cowboys.

O jogador, que assinou com o time por 4 anos / $8,5M tinha contrato até 2020. Durante toda a temporada, Jefferson foi um cara contestado por não produzir como em seu último ano de contrato pelo Arizona Cardinals, muito por conta da mudança de função que o Safety exercia atuando pelos Ravens.

A especulação de sua saída aconteceu após o jogador ser colocado na Injury Reserve após uma lesão no joelho durante o jogo da semana 5 da temporada passada contra o Pittsburgh Steelers. Na ocasião, Jefferson foi substituído por DeShon Ellion. Por azar, jogou apenas um único jogo e acabou encerrando sua temporada, também por lesão. A partir daí, Chuck Clark assume como titular.Sua boa atuação põe um ponto final na carreira do ex-safety de Arizona em Baltimore.

Com o corte, o Baltimore Ravens conseguirá abrir mais 7 milhões de espaço em seu salary cap.

James Hurst suspenso

Na mesma semana, a NFL anunciou a suspensão do Left Tackle James Hurst por quatro jogos devido à violação de uso de substâncias para melhoria de performance da liga. Apesar da suspensão, ele ainda poderá participar dos treinos e jogos da pré temporada, porém ficara afastado dos jogos até a segunda-feira após o quarto jogo da temporada 2020.

Para o seu lugar nesse começo de temporada, especula-se a entrada do OL Andre Smith, ex-Cincinnati Bengals que assinou com o time ano passado semanas antes do jogo pelos playoffs, porém não entrou em campo. Recentemente, Smith reassinou com a franquia por mais um ano.

Hurst tem contrato com o time até 2021.

DEIXE UMA RESPOSTA