O Tampa Bay Buccaneers vai até Arizona enfrentar o Cardinals, pela sexta semana da NFL. O time visitante tem um Recorde de 2 vitorias e 2 derrotas. Ambas as equipes vem de derrotas, Bucs perdeu para o Patriots por 14×19. E o Cardinals perdeu por 7×34 Eagles.

Com os desfalques na defesa, esse setor é o mais preocupante do time, espero que o Justin Evans como S, e o LBs Devante Bond e Adariu Glanton e Cameron Lynch parem o jogo terrestre do Cardinals, que tem agora Adrien Peterson como RB numero 1 do time.

O Cardinals tem o pior ataque terrestre da liga, com 51.8 jardas corridas em media por jogo. O Buccaneers tem a 8ª melhor defesa contra o jogo corrido na NFL, cedeu apenas 87.2 por jogo. Mesmo com Peterson em campo, esse matchup está para nós nesse momento, e quando estivermos em campo o time precisa usar isso.

No jogo aéreo eles tem para mim um top 5 Wide Receiver entre os que assisti na NFL, Larry Fitzgerald, a  inteligência que ele tem para percorrer a rota e saber o momento certo de sair da marcação, tanto percorrendo a rota como na linha de scrimmage. Fitzgerald tem 32 recepções para 327 jardas, sendo 3 º em recepções e o 12º jardas recebidas. Nosso maior problema na defesa tem sido justamente defender os passes, cedemos 309 jardas por jogo em media, somos o segundo time que mais cedeu jardas, o primeiro é o Patriots. Também cedemos 7 TDs aéreos, entretanto só permitimos 9 jogadas com mais de 20 jardas, temos a segunda melhor defesa nesse quesito, empatadas com outras 3 equipes. Palmer lançou 6 interceptações na temporada. Esse confronto favorece o dono da casa, porem espero que os CBs do Bucs pressionem mais na scrimmage.

O ataque de Tampa precisa correr com a bola, durante a semana nossos treinadores, disseram que limitaram o Martin contra o Patriots, pois estava voltando da suspensão. Se for só isso, não devemos ter problemas, entreguem a bola na mão dele e deixar o jogo fluir, nosso ataque tem uma media de 86 jardas terrestres por jogo, esse numero precisa melhorar, ainda mais contra uma defesa que permite 94.8 jardas por jogo. O Bucs vai precisar disso para tirar a secundária do Cardinals lá de trás, Tyrann Mathieu,  Justin Bethel e Patrick Peterson formam uma das melhores secundárias da liga. E com eles mais perto da linha de scrimmage, Jackson e Evans vão ter muito espaço para explorar. Outro confronto interessante será os nossos TEs com o grupo de LB do Cardinals que tem Buccannon, e Jones, lembrando que eles jogam 3-4, e Jones é um excelente pass rusher.

No ST teremos a estreia do Kicker Patrick Murray, e pelos números, ele é mais confiável que Folk. Ele passou em Tampa em 2014, onde acertou 20 de 24 Field Goals, e 31 de 31 em XP, lembrando que quando ele acertou os XP´s, era a regra antiga, ou seja, uma distancia menor do que a de hoje, ele só foi mandado embora, por lesão.

Opinião Pessoal:

Buccaneers precisa ter posse de bola e marcar em todas as vezes que entrar na linha de 30 jardas do adversário. Precisamos forçar Palmer a lançar e assim deixar nossa defesa mais concentrada no passe. É preciso limitar as jardas deles no primeiro tempo, para assim o Bucs abrir vantagem e confiança no jogo.

Injury Report do jogo:

O Buccaneers vai desfalcado para Arizona, os Safetys Keith Tandy e T.J.Ward, o DE Ryan Russel, o CB Josh Robinson, e o LB Kwon Alexander estão fora do jogo. O C Ali Marpet, O DE Robert Ayers e o LB Lavonte David são duvidas para o jogo.

O Cardinals não conta com o DT Olson Pierre. E o LB Karlos Dasby, o DL Robert Nkemdiche, DL Corey Peters, T Jared Veldheer e o CB Patrick Peterson são questionáveis para o jogo.