Na partida deste domingo em que o Miami Dolphins recebeu e derrotou o Pittsburgh Steelers, um tackle perdido pelo DT Jordan Phillips, numa tentativa de sack, resultou na saída do jogo do quarterback Big Ben Roethlisberger lesionado. O quarterback foi retirado de campo no restante do primeiro tempo do jogo.

O quarterback foi diagnosticado, de acordo com Ron Cook, do Pittsburgh Post-Gazette, com um rompimento do menisco do joelho esquerdo, o que normalmente indicaria cirurgia e afastamento por um tempo longo, porém indeterminado. Ainda durante a partida, os médicos do Steelers acharam que ele tinha sofrido uma distensão, e após enfaixar a área, o enviaram de volta para jogar o 2º tempo. Roethlisberger afirmou que passará por um exame de ressonância magnética na noite desta segunda-feira.

insider Adam Schefter, da ESPN americana, informou que os médicos esperam que seja necessária apenas uma cirurgia de limpeza, e não uma reparação do ligamento, o que diminuiria bastante o prazo de recuperação. Alguns especialistas falam até em um prazo de 1-3 semanas para o retorno, o que certamente tiraria Big Ben de ação para a partida da semana 7 contra o New England Patriots, em Pittsburgh. Nesse caso, a dúvida estaria em saber se Roethlisberger estaria apto para a partida da semana 9, quando o Steelers enfrenta o rival Baltimore Ravens, logo após a sua semana de bye.

Quem assume a posição?

Enquanto não puder contar com Ben, o Steelers deverá ter como titular Landry Jones, que assumiu a equipe em dois jogos no ano passado enquanto tanto Big Ben quanto o reserva, Michael Vick, estavam lesionados. Naquele momento, Jones acertou 32 de 55 passes tentados, para 513 jardas, com 3 touchdowns e 4 interceptações. O backup de Jones será Zach Mettenberger, ex-Titans e que foi contratado na última offseason para disputar a reserva. Uma das partidas comandadas por Jones foi o duelo contra o Arizona Cardinals, quando teve dois passes para touchdown lançados para Martavis Bryant: