Jan 3, 2016; East Rutherford, NJ, USA; New York Giants quarterback Eli Manning (10) prior to the game against the Philadelphia Eagles at MetLife Stadium. Mandatory Credit: Jim O'Connor-USA TODAY Sports Jan 3, 2016; Arlington, TX, USA; Washington Redskins tight end Jordan Reed (86) prepares to face the Dallas Cowboys at AT&T Stadium. The Redskins defeat the Cowboys 34-23. Mandatory Credit: Jerome Miron-USA TODAY Sports Dec 14, 2014; Philadelphia, PA, USA; Philadelphia Eagles tight end Zach Ertz (86) in a game against the Dallas Cowboys at Lincoln Financial Field. The Cowboys defeated the Eagles 38-27. Mandatory Credit: Bill Streicher-USA TODAY Sports Nov 1, 2015; Arlington, TX, USA; Dallas Cowboys tackle Tyron Smith (77) during the game against the Seattle Seahawks at AT&T Stadium. Mandatory Credit: Kevin Jairaj-USA TODAY Sports

Depois de um longo inverno, voltamos a publicar artigos peles-vermelhas para este portal.  Motivo de comemoração?  Será, como veremos a seguir. Não vou ficar de blá-blá-blá entre a NFC East e os Redskins ou se a divisão é a mais equilibrada dos últimos tempos da NFL.  Não é. Sempre há um time que alcança 4 ou 5 vitórias, no máximo. E, para mim, o maior favorito a este posto chama-se… Dallas Cowboys.

Dallas Cowboys

Se estivesse escrevendo para um portal voltado a torcedores em geral, o pessoal de Dallas já ia reclamar (leia com voz de falsete: “Temos Zeke e Dak, eles são tremendões”; “Está falando da melhor OL da NFL”).  Mas você, torcedor pele-vermelha, sabe o porquê disso.
Dak Prescott, para mim, pode vir a ser um QB bom.  No máximo.  Hoje, não é. A OL está desfalcada e é o principal elemento do ataque dos vaqueiros, o que traz a expectativa de uma longa temporada, ainda mais porque o grupo de wide receivers é, também no máximo, mediano.

A defesa, por outro lado, apesar de ser excepcionalmente bem treinada – eu seria um fã do Rod Marinelli caso ele não fosse DC de Dallas – tem problemas de depth crônicos, especialmente no grupo de linebackers.  Sean Lee, mesmo jogando em Dallas, é um jogador que impressiona, mas quem está atrás dele no depth chart quando ele se lesionar? Acertou quem disse “ninguém”.

Jaylon Smith está parecendo que finalmente vai?  Parece.  Mas ele não é suficiente.  Leighton Vander Esch, que eu tinha em alta conta no draft e passei a achar o pior jogador do mundo porque foi draftado por Dallas, tem relatos de estar extremamente cru ainda. E ainda, Byron Jones, um CB extremamente atlético, foi feito de chinelo por Josh Doctson na temporada passada. Não, não vejo coisas boas ali na secundária vaqueira.

E os Cowboys ficam sediados em uma cidade, Dallas, que é nome de novela da década de 1980: dizem as más línguas que cortaram o excelente kicker Dan Bailey porque, em 7 anos, ele nunca teve problemas com a polícia.  Eu não acredito nisso, mas gosto de acreditar que eles perderam um excelente kicker que fará falta nos momentos decisivos – se os jogos chegarem a tê-los.  Enfim, nesse duelo entre a NFC East e os Redskins, para mim Dallas é favorito para o quarto e último lugar da divisão, abaixo dos New York Giants, com um record máximo de 6 vitórias.

Falaremos sobre os Giants?  Ok, falaremos.

New York Giants

Será o terceiro time da divisão porque, quando olhamos para a principal posição do jogo, vemos o Manning errado, que deu os sinais de regressão aos… 37 anos, exatamente a idade de Elisha.  Aliás, o DNA ali deve levar em conta, também, que Peyton não jogou um ano e meio, isto é, tinha 36 ipso facto quando teve a última temporada razoável (2014).  Elisha passou do ponto e os Giants pagarão por não selecionar seu substituto com a posição nº 2 do draft.  É karma.

O resto dos Giants?  Uma secundária decadente, com um SS muito bom – porque sempre torceu para os Redskins, quando era criança, como Landon Collins declarou durante o processo do draft. Um pass rush acima do mediano?  Também está lá.  A OL, por sua vez, não será o bastante para Saquon Barkley, que apesar de ser um jogador que aparenta ser incrível, não pode sustentar uma temporada com mais de 7 vitórias para qualquer franquia.

Elisha afundará todo e qualquer um que pense diferente: neste embate entre a NFC East e os Redskins, a terceira posição em 2018 tem dono.

Philadelphia Eagles

Restam duas posições na divisão.  E aqui falarei sobre o time que finalmente posso nominar, porque ganharam um anel.  Philadelphia Eagles.  O “melhor elenco da NFL”, de acordo com a mídia especializada e opiniões avulsas.  Será?

Infelizmente para o torcedor pele-vermelha, a resposta à pergunta acima é sim.  Philadelphia tem, realmente, o melhor elenco da NFL, um pouco (bem pouco) acima de Vikings e Jaguars.  Na minha opinião. Isso quer dizer que vão ganhar a divisão?  Eu não disse isso.

Os Eagles têm dois problemas sérios, especialmente para o início da temporada, com nomes e sobrenomes: Carson Wentz e Alshon Jeffery.  Ambos estão fora da semana 1, sendo que Jeffery deve voltar – possivelmente – na semana 2 ou na 3, na pior das hipóteses.  Mas, vindo de lesão, deve ficar efetivamente saudável a partir das semanas 4/5 da temporada.

O outro problema não tem uma definição.  Carson Wentz, até o início da semana anterior à semana 1 da temporada, não estava liberado para contato.  Ele é um bom QB?  Claro que é. Agora, seus substitutos…  Nick Foles não me convence a achar que os Eagles terão mais de 50% (ou menos) de vitórias no início da temporada até o retorno do titular.

Ah, mas ele ganhou Superbowl.  Sim, ganhou.  Mas nos últimos 6 jogos que jogou, ele foi péssimo em 3 e médio em 1.  Jogou bem contra os Vikings e contra os Patriots, só. E isso num esquema montado para que ele tivesse poucas necessidades como QB e que, este ano, já foi revirado ao avesso por todos os defensive coordinators da NFL. Seu backup?  Nick Sudfeld, um QB que conhecemos por um ano de porca evolução em nosso roster do ano passado.

Confiem em mim: Nick Foles não fará o ataque dos Eagles ser bom.  E ainda haverá um ou dois jogos, após o retorno de Carson Wentz, em que ele obviamente estará enferrujado.  O teto máximo desse time dos Eagles?  10 vitórias, na minha parcial convicção.

Afinal, entre a NFC East e os Redskins: quem leva a divisão em 2018?

Dez vitórias é a nossa expectativa (concreta, não a clubista), também, para essa temporada.  Teremos uma disputa “pau a pica” com os Eagles pela divisão, este ano, e, quer saber? Eu acho que nosso record dentro da divisão será inclusive igual: 4 vitórias para ambos.

E, nos critérios de desempate, fora essas vitórias na divisão, não dá para especular, mas existe a história a nosso favor: desde 2002 que um time não repete o título da divisão na NFC Leste.  Esqueçamos que esse time foi os Eagles, ok?  Eu sou torcedor, não quero saber de negatividade.

A conclusão inevitável: vamos aos playoffs, com o título da divisão.

E é isso: viva Gerônimo e que o Touro Sentado nos acompanhe durante a temporada. Surraremos os demais times da divisão, que são, nada mais, nada menos, que herdeiros de General Custer – que tomou pau dos Redskins.

#HTTR
#EuSouRedskins

texto por Antonio Cruz

Hail, #RedskinsNation! Acompanhe o Podcast Redskins Brasil, assine o feed e não perca nenhum episódio. Siga também nossas redes sociais para ficar por dentro das notícias da franquia. Se gostou ou discordou de algo, deixe sua opinião nos comentários. Faltam apenas 5 dias para o início da nossa temporada regular contra o Arizona Cardinals, em Phoenix. Até lá, continuaremos debatendo sobre os Redskins, sempre na torcida para que este ano seja de muitas vitórias!

__
“Hail to the Redskins, hail victory! Braves on the warpath, fight for old D.C.!”

1 COMENTÁRIO

  1. […] Ainda no FedEx Field, já indignado, é hora de voltar para DC. Volta emburrada no metrô novíssimo, tudo ok. No dia seguinte, é hora de ir para a Filadélfia criar treta com a camisa do maior da East. Enfim, se posso passar de alguma forma o sentimento, acho que isso é apenas um pequeno testemunho deste dia memorável, em que tive a chance de assistir um jogo do glorioso Washington Redskins, deste fim de semana em DC, tudo foi sensacional! Para complementar, você pode ler este artigo escrito pelo Antonio Cruz, com as expectativas para a NFC East nesta temporada neste link aqui. […]

DEIXE UMA RESPOSTA