A Free Agency ainda não abriu, mas as especulações a respeito da movimentação dos times nessa temporada já é bem alta. Daqui alguns meses, veremos uma movimentação bem interessante de saídas e chegadas de jogadores.

Historicamente, o Baltimore Ravens não tem tradição de se mexer muito nessa época, inclusive estamos acostumados mais a ver jogadores indo embora do que chegando. Algo natural para um franquia que costuma preparar seu elenco através do draft e usar a F.A. para posições muito pontuais.

Para essa temporada, a lista de Free Agents IRRESTRITOS (UFA) conta um 16 nomes ao todo, sendo alguns deles com contrato de apenas um ano, vindos daquela leva de contratações promovida no começo da temporada 2019 com o objetivo de arrumar a defesa do time.

Para refrescar a memória do torcedor, segue a lista desses jogadores e a média salarial de cada um deles nessa última temporada.

Jimmy Smith: CB, 32 anos – $10,275,500

Jimmy Smith atualmente é um jogador que divide opiniões na torcida quanto ao seu aproveitamento na equipe. Apesar de seu inegável talento na posição, as lesões por temporadas consecutivas têm minado seu rendimento e, por consequência, a paciência de quem assiste os jogos. A lesão em 2019 contribuiu para que o corpo de cornerbacks acabasse exposto, fazendo o time apelar para a reserva. O destino de Jimmy para 2020 é ainda um mistério para os fãs da franquia.

Michael Pierce: DT, 37 anos – $3,095,000

Como RFA na temporada passada, Pierce ganhou mais um ano de contrato para continuar na franquia e compor o o setor menos contestado da defesa do Baltimore Ravens em 2019. Apesar de críticas à sua forma física no começo dos treinos, Pierce conseguiu ao longo da temporada demonstrar porque ainda merecia compor o front seven do Baltimore Ravens. Se resolver testar o mercado, sua média salarial está prevista em 4,7 milhões.

Patrick Onwuasor: ILB, 28 anos – $3,095,000

Pode copiar aqui a primeira linha a respeito de Michael Pierce, leitor. A diferença talvez fique pelo resultado do fator expectativa x realidade. Com a ausência das principais peças da defesa dos Ravens, Onwuasor não conseguiu desempenhar bem quando se exigiu que liderasse a defesa do Baltimore Ravens. Visto o que aconteceu no começo da temporada, Peanut se mostra alguém muito bom quando tem alguém talentoso ao lado dele, mas é fraco quando precisa tomar decisões por conta própria, servido mais como peça de rotação.

Hoje, a média do mercado por ele é de 4,8 milhões, em um contrato de quatro anos.

Seth Roberts: WR, 29 anos – $2,000,000

Mais um contrato de um ano, o ex WR do agora las Vegas Raiders veio para adicionar profundidade a um setor do time que carece de uma gama de talentos. Como já vimos tanto em declarações anteriores quanto nas suas decisões no Draft, Eric DeCosta deve fazer diferente do seu antecessor e investir mais em Recievers no draft. É esperar pra ver se Roberts continuará compondo elenco.

Anthony Levine: SS, 33 anos – $1,400,000

Desde 2017 em Baltimore, Levine sempre foi peça de rotação, visto que o corpo de safeties dos Ravens acabou por se mostrar muito sólido. O futuro dele vai depender se o time pensará em investir em um talento mais jovem e se ainda acreditará que DeShone Elliot pode compor elenco, visto que s lesões têm comprometido seu desenvolvimento no elenco.

Pernell McPhee: OLB, 31 anos – $1,030,000

McPhee, enquanto esteve saudável, foi peça importante para que os Ravens pudessem exercer sua força sobre os adversários no começo das partidas. Conseguia algumas pressões importantes, o suficiente pra forçar um 3 and out e logo depois, banco. Também não conseguiu se manter saudável durante o resto da temporada.

Domata Peko: DT, 35 anos – $1,030,000

O ex DT do Denver Broncos chegou em Baltimore para suprir a ausência de Michael Pierce, lesionado em um jogo contra o Cincinnati Bengals junto com Justin Ellis. Ambos acabaram se mostrando solidas adições à defesa dos Ravens enquanto tiveram a oportunidade de atuar.

Josh Bynes: ILB, 31 anos – $930,000

Jogador que já teve passagem pelo Baltimore Ravens no começo da década, Bynes é uma daquelas contratações feitas a toque de caixa por DeCosta após a fragilidade da defesa ter sido exposta, tendo um bom volume de snaps, apesar de seus stats não serem tão expressivos.

Brynden Trawick: SS, 30 anos – $805,000

Brynden possui contribuição no time de especialistas dos Ravens. Acabou na Injury Reserve na semana 3 e retornou ao time apenas na semana 14, contra o Buffalo Bills.

Jordan Richards: SS, 27 anos – $805,000

Dispensado pelo New England Patriots, Richards veio para compor o time de especialistas dos Ravens a partir da semana 5 da última temporada.

DeAnthony Thomas: WR, 27 anos – $805,000

Mais um jogador que veio para compor o time de especialistas, Thomas veio do Kansas City Chiefs a partir da semana 10 da temporada 2019, colaborando em metade dos snaps de ST do time.

Justin Ellis: DT, 29 anos – $734,090

Não tão badalado quanto o seu companheiro Domata Peko, Ellis, como mencionado mais cedo, veio para completar o roster do Baltimore Ravens após a lesão de Michael Pierce contra o Cincinnati Bengals.

Chris Moore: WR, 27 anos – $734,090

Esse já é mais conhecido de quem acompanha a franquia recentemente. Na franquia desde 2016, Moore teve sua atuação restrita ao time de especialistas, recebendo poucos snaps ofensivos, onde normalmente realizava uma recepção muito boa e não aparecia mais. Quando foi mais acionado, apresentou alguns problemas de recepção, além de pouca noção de espaço de campo. Como retornador, foi um jogador sólido, apesar de alguns momentos desastrosos. Provavelmente, deve continuar exercendo essa função no time.

Jihad Ward: DT, 26 anos – $720,000

Ward foi uma das primeiras, se não a primeira aquisição dos Ravens após a derrota para o Cleveland Browns na semana 4. De um mero desconhecido egresso do Indianapolis Colts a sólido jogador que conseguiu evoluir o baixíssimo nível da defesa no quesito pressão ao QB, ele é mais um dos vários contratos de um ano criados para remendar o setor defensivo.

Hroniss Grasu: C, 29 anos – $720,000

Ele teve um único snap em toda temporada, no jogo da semana 17 contra o Pittsburgh Steelers. Quando Skura se lesionou, o time precisou ir ao mercado trazer um substituto. Grasu, que era reserva do Skura, se tornou reserva desse substituto.

Matthew Judon: OLB, 28 anos – $648, 934

Esse é o nome mais especulado do time há algum tempo. Contestado por uns, elogiado por outros, o fato é que 2019 foi uma das melhores temporadas do jogador em muito tempo, ainda mais em uma situação onde ele era o cara mais experiente do time em termos de conhecimento de elenco. Normalmente era conhecido como alguém que evoluía ao longo da temporada, com começos muito ruins. Essa temporada, sem os principais talentos da defesa, Judon precisou subir de nível e apresentou um bom rendimento, e agora é o principal jogador da posição, cobrindo uma carência importante no elenco.

A expectativa para esse ano é que o time renove com ele, alguns especulam inclusive que ele receba a Fanchise Tag. Historicamente, o Baltimore Ravens costuma abrir mão desse artifício e deixar o jogador livre para experimentar o mercado. Nesse caso, caso Judon queira ouvir mais algumas propostas, ele se lança ao mercado por um valor médio de 16,3 milhões, em um contrato de 4 anos.

DEIXE UMA RESPOSTA